Cientistas acreditam que o surto de coronavírus está longe de acabar

Wed, 15 Jul 2020 12:19:09 -0300 / 0 Comentários

Ao acompanhar a evolução da covid-19 em certos países do continente europeu, por exemplo, observa-se em seus gráficos que a pandemia está diminuindo os casos de contaminação em tais localidades. Ou seja, o coronavírus está começando a ficar sob controle, o que tem dado brecha à abertura do comércio e das rotinas sociais de modo gradativo em algumas nações. Mas, ao se olhar o gráfico da relação da infecção em países da América Latina, é possível perceber que ainda está acontecendo o aumento de casos e mortes. Em pesquisa realizada pelo Observatório Fluminense Covid-19, mais de dez países foram analisados no continente americano, mas alguns não estão nas análises, como Guatemala, Honduras e El Salvador, por exemplo. Das nações americanas analisadas, unicamente Cuba e Uruguai estão na cor verde, o que significa dizer que estão com um menor número de casos por semana, reduzindo o contágio e “superando” a pandemia. Outros, como Equador, Paraguai e Chile, estão na cor amarela, representando que estão “quase” conseguindo vencer a doença. Mas muitos – todos os outros países analisados da América Latina – estão na cor vermelha, o significa que precisam agir urgentemente para controlar o alto índice de contaminação da covid-19.